CONTATOS

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Tempo que foge! Ricardo Gondim



Tempo que foge!

Ricardo Gondim
Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos. Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos para reverter a miséria do mundo. Não vou mais a workshops onde se ensina como converter milhões usando uma fórmula de poucos pontos. Não quero que me convidem para eventos de um fim-de-semana com a proposta de abalar o milênio.
Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos parlamentares e regimentos internos. Não gosto de assembléias ordinárias em que as organizações procuram se proteger e perpetuar através de infindáveis detalhes organizacionais.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos. Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de “confrontação”, onde “tiramos fatos à limpo”. Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário do coral.
Já não tenho tempo para debater vírgulas, detalhes gramaticais sutis, ou sobre as diferentes traduções da Bíblia. Não quero ficar explicando porque gosto da Nova Versão Internacional das Escrituras, só porque há um grupo que a considera herética. Minha resposta será curta e delicada: – Gosto, e ponto final! Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: “As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos”. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos.
Já não tenho tempo para ficar dando explicação aos medianos se estou ou não perdendo a fé, porque admiro a poesia do Chico Buarque e do Vinicius de Moraes; a voz da Maria Bethânia; os livros de Machado de Assis, Thomas Mann, Ernest Hemingway e José Lins do Rego.
Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita para a “última hora”; não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja andar humildemente com Deus. Caminhar perto dessas pessoas nunca será perda de tempo.
Soli Deo Gloria


domingo, 22 de abril de 2012

COMO IDENTIFICAR O MANIPULADOR?



QUERIDOS AMIGOS, ESTAVA LENDO A RESPEITO DO COMPORTAMENTO HUMANO E ACHEI O TEXTO ABAIXO MUITO INTERESSANTE E INSTRUTIVO.
IMAGINEM O ESTRAGO QUE UM MANIPULADOR FAZ NA NOSSA VIDA E ESPECIALMENTE NA IGREJA....
MAS TEMOS UMA PROMESSA BIBLICA: "TUDO QUE ESTA EM OCULTO SERÁ REVELADO"
CUIDADO COM O MANIPULADOR!



COMO IDENTIFICAR UM MANIPULADOR
Fernanda Dannemann


Reconhecendo o(a) manipulador(a)
Toda pessoa manipuladora é dissimulada. Segundo a  neurolingüística Isabelle Nazare-Aga  só o tempo e a convivência permitem reconhecer o(a) típico(a) manipulador(a). Porém, com o hábito e a observação, torna-se possível identificá-lo(a) cada vez mais rapidamente.
 A terapeuta concluiu em seu estudo que as características de manipuladores do sexo masculino e feminino são exatamente as mesmas. De acordo com as estatísticas, quase todo mundo já teve ou tem contato com uma pessoa manipuladora durante a vida.
 “Com algumas exceções, o(a) manipulador(a) não tem consciência de suas atitudes devastadoras. O egocentrismo dele(a) é tão forte que é incapaz de perceber o que os outros sentem”, diz Isabelle. “Aqueles que são conscientes e não querem mudar, beiram a perversidade”, completa.
De acordo com a psicóloga Aparecida Nogueira, a médio prazo, o tipo manipulador não consegue manter a harmonia. Se envolve sempre em discussões (em particular ou em público). O clima ruim nos relacionamentos, separações, sofrimento, costumam marcar a vida de uma pessoa manipuladora.
Viver com alguém manipulador é uma tortura o que afasta bons e reais sentimentos dos que estão ao redor. Geralmente os manipuladores usam suas histórias de vida para sensibilizar os outros e ganhar espaço, depois conduz tudo na direção que ele quer. Se aproxima das pessoas como carente, vítima, ou com elogios exagerados. Depois que está introduzido no meio dos amigos, nas casas e famílias, conduz as pessoas a tomar decisões que jamais tomariam sem aquela influência.
O manipulador pode torcer verdades e sempre está envolvido em confusão, fofocas e mentiras. Tem uma sede incontrolável de dominar os outros ou para fins de benefício próprio ou mesmo só para sentir o prazer de ter o poder sobre as pessoas.

Com quem você está lidando? 

Uma das principais características do(a) manipulador(a) é só se interessar por si mesmo(a). Qualquer que seja o assunto, interrompe assim que possível para contar uma passagem que tenha acontecido com ele(a). Seu ego é grande, é a estrela, o melhor...
Se não dominar o tema da conversa, não dá atenção ao que está sendo dito e, em poucos minutos, desvia o assunto e procura uma forma de atrair os olhares para si.
Envolver-se emocionalmente com uma pessoa manipuladora é um grande risco para a auto-estima e para a própria liberdade. O parceiro manipulador, aos poucos, se coloca como líder do relacionamento, sufocando ao mesmo tempo em que se mostra  amoroso, gentil e capaz de manter o respeito e o afeto que deram origem à relação.
Geralmente o manipulador faz com que acreditem que ele é o melhor e mais fiel amigo. Afastando as pessoas de seus vínculos emocionais com amigos e família.
A pessoa manipuladora se fortalece, essencialmente, enfraquecendo a auto-estima de suas vítimas. Ele com que as pessoas acreditem que os seus amigos não dão valor a elas. “ninguém te dá o valor que você merece”, “seus amigos não te  valorizam”... coisas como essa.
Geralmente o manipulador não se dá bem com a liderança ou qualquer autoridade. Se não der certo a manipulação com o líder, ele “mina”a liderança de qualquer um. Ele quer ser o líder.
Mas o exercício da manipulação é ainda pior na esfera amorosa, porque o(a) manipulador(a) atua exatamente a minar a auto-confiança do(a) parceiro(a) e transformando-o(a) em mera muleta, na qual se apóia.
 Além de agressões verbais, críticas, atitudes de falsa surpresa diante de um erro, ele(a) também faz tudo para afastar o(a) parceiro(a) dos amigos e da família, de modo a criar um vazio em torno do(a) outro(a). Consegue enfraquecer a rede de amizades do(a) companheiro(a) e, principalmente, afastá-lo(a) de amigos anteriores à sua união.

Muitas vezes, não proíbe abertamente e, aparentemente, pode encorajar o(a) parceiro(a) a ter amigos. Mas só aparentemente. Quando isso acontece, o(a) manipulador dá um jeito de detonar a amizade e de se mostrar desagradável, fazendo com que o(a) parceiro(a) sinta-se cada vez menos à vontade e acabe se afastando de todos.

Comportamento comum dos manipuladores de ambos os sexos:

 Sua frase preferida é:“você não confia em mim?”
...tem sempre excelentes pretextos para se explicar. Detesta ter que admitir que errou.

...não considera as necessidades da outra pessoa. Ao contrário, impõe a sua vontade com mais ou menos sutileza. Quando usa a máscara do altruísmo, fingindo preocupar-se com os outros, geralmente mostra-se ofendido(a) se alguém o(a) censura por sua desconsideração.

...é inflexível e só muda de opinião para concordar com alguém se tiver algum interesse nisso. O que, geralmente, só é descoberto meses depois.
...é capaz de se apropriar de idéias, desejos e opiniões alheias, colhendo para si o mérito que não lhe pertence.
...impõe a sua presença e adora se intrometer na vida particular das pessoas que lhe são próximas. Mas faz isso sempre com o pretexto de querer ajudar.

...não consegue deixar de dizer coisas que provocam mal-estar nas pessoas ao redor.

...muitas vezes, transmite a idéia de que se sacrifica por alguém ou por alguma causa, mas é puro marketing.
...usa a chantagem emocional para conseguir controlar os outros.

Argumentos usados por ele(a), para afasta-lo de suas amizades:

“Não se pode dizer que seu grupo de colegas seja muito brilhante. Você precisa de novos amigos  que te valorizem “
“seus amigos são falsos, falam de vc por trás.”

... atacando as pessoas, para que justifiquem sua opinião. Fazendo armadilhas emocionais.

...desprestigiando-as em público e  permanecendo em silêncio ou dando ares de desinteresse.

...escapando da presença dos amigos indo, ostensivamente, fazer outra coisa em vez de permitir que as pessoas gastem tempo com seus amigos. Inventa compromissos e atividades que afastem a pessoa de seu circulo de amizades.
E tantas outras artimanhas.....

CUIDADO COM O MANIPULADOR(A).

quinta-feira, 19 de abril de 2012

AMAR OU NÃO AMAR?


 "Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?" (Fernando Pessoa)



Meditando nesse pensamento de Fernando Pessoa cheguei a conclusão que o amor quando existe por si só se basta. Não há muito o que explicar... não há muito para entender... não há muito o que fazer. 
Algumas pessoas nos dão razões para ama-las, outras nem precisam fazer muito esforço... simplesmente amamos. Olhamos nos olhos e vemos a alma... então nos envolvemos e amamos...Talvez isso seja o que o poeta tentou escrever, ou como me chegou a mensagem... não sei... Mas algo é fato: sofremos por quem amamos.
Sofremos de várias formas e maneiras. Sofrer junto é sempre bom. Mas quando as pessoas que amamos nos negam esse direito: o de sofrer junto. Aí a dor é mais dor e o sofrimento é mais sofrível, pois ficamos pensando "como seria bom estar junto, chorar junto, abraçar"...
Não estou falando aqui de um tipo de amor romântico ou erótico... estou falando do amor entre irmãos amigos, que pode ser desenvolvido em qualquer relacionamento. 
Quando nos abandonam... essas pessoas que amamos, a dor se torna  persistente... uma dorzinha chata que todo dia incomoda. Aí cheguei a conclusão que amar dói. Dói a alma... e dependendo do agravo... sangra.  
Mas no fim entendemos que foi melhor ter amado... do que viver sem o amor. Pois o amor sempre será melhor que o vazio no peito. Por isso a todos que amo  sou grata por existirem e por serem alvo desse sentimento que enobrece e me torna humana.

UM FORTE ABRAÇO, SILVANA

quarta-feira, 11 de abril de 2012

A BIBLIA



NÃO ESQUEÇA DE LER A PALAVRA.... CERTAMENTE TERÁS A COMPANHIA DO ESPÍRITO SANTO.
BJS
SILVANA

segunda-feira, 9 de abril de 2012

ALIANÇADOS COM DEUS


       ALIANÇADOS COM DEUS
Texto:
“O Deus da paz, que pelo sangue da ALIANÇA eterna trouxe de volta dentre os mortos o nosso Senhor Jesus, o grande Pastor das ovelhas, os aperfeiçoe em todo o bem para fazerem a vontade dele, e opere em nós o que lhe é agradável, mediante Jesus Cristo, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém.” (Hb 13: 20-21).

1.Significado de aliança
Para entendermos o que significa estarmos aliançados com Deus, primeiro devemos entender o que quer dizer “aliança”. Segundo o Dicionário Novo Aurélio, aliança significa: Ato ou efeito de aliar. Ajuste, acordo, pacto. União por casamento. Anel simbólico de noivado ou de casamento. Pacto que Deus fez com o homem.
A palavra Grega para designar aliança é diatheke. Esta significa uma vontade ou testamento. O Novo Testamento refere-se às primeira e segunda alianças, contudo havia pelo menos oito grandes alianças realizadas com o povo de Deus no Velho Testamento. Pode encontrar muitas mais se tiver o cuidado de ver. Há uma explicação simples para isto: As velhas alianças tinham uma coisa em comum que a Nova não tem: Podiam todas ser quebradas, e foram todas quebradas. A Nova Aliança é inquebrável, e é por isso que será sempre boa notícia para a humanidade.
O homem não pode alterar, mudar ou anular as condições; ele só pode aceitar ou rejeitar a oferta. A aceitação significa que ele é parte de uma aliança inquebrável, que é uma obra completa. A aliança foi estabelecida entre Deus e Cristo a favor da humanidade. Porque a obra de Cristo é totalmente aceitável para Deus para todo o tempo, quem quer que aceite o sangue de Cristo como substituto do seu próprio sangue é parte dessa aliança inquebrável para sempre.
2.Estar aliançado com Deus é:
Amá-LO com toda a alma, todas as forças e de todo coração;
Reconhecer que Deus é Senhor e nós somos servos. Logo, o servo não tem mais vontade própria. E a sua vontade é a fazer a vontade do seu Senhor;
Depositar em Deus toda confiança, fé e esperança;
Estabelecer um relacionamento de intimidade e fidelidade diário;
Reconhecer em Deus a soberania absoluta sobre a nossa vida;
Reconhecer que tudo o que temos é fruto da sua misericórdia e amor incondicional;
Saber que o fato de estar aliançado com Ele não nos livra de passar por lutas, mas que, em meio às lutas Ele está conosco;
Estabelecer um relacionamento entre Pai e filho, pautado na obediência;
Saber que nenhuma das Suas promessas para a nossa vida serão frustradas;
Saber que os planos de Deus são muito mais elevados que os nossos;
Saber que um dia moraremos no céu com Ele;
Saber que sem Jesus não somos nada, mas que com ele, somos tudo.

3.Existem alguns fatores que podem quebrar esta aliança estabelecida com Deus. São eles:
a) CIRCUNSTÂNCIAS – O apóstolo Paulo em sua carta aos filipenses disse que as coisas negativas que aconteceram em sua vida como: açoites, perseguições, cadeias e etc, contribuíram para propagação do evangelho. Em sua carta aos romanos ele disse que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Já Tiago disse para termos alegria quando passarmos provações, pois isso produz perseverança e gera maturidade em nós. Marting Luther King disse que a verdadeira medida de um homem se dá na forma pela qual ele se comporta em meio a uma adversidade, em meio às lutas. Se estamos aliançados com Cristo não precisamos temer as circunstâncias, visto que Deus governa a nossa vida, nos livra da fornalha, fecha a boca dos leões, abre o mar pra gente passar, opera um terremoto e nos protege sob a sombra de suas asas. O Senhor é a nossa força. As circunstâncias não podem quebrar a aliança que temos com Deus. Só quebrará se nós permitirmos. Josué e Calebe não olharam as circunstâncias, mas creram na promessa do Deus vivo de conquistar e tomar posse da terra prometida.
b) PESSOAS – As pessoas têm o poder de influenciar e, assim, quebrar a nossa aliança com Deus.  Os amigos de Jó tentaram influenciá-lo, mas ele resistiu fortemente. Elcana, Penina e até mesmo o sacerdote Eli, tentaram fazer Ana desistir do sonho de ter um filho, mas ela permaneceu firme e foi abençoada. Paulo disse aos coríntios: “Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes.” (1 Co 15:33) Se dermos legalidade pessoas até próximas a nós podem ser instrumento de satanás para quebrar a nossa aliança com Deus.
c) DINHEIRO – O amor ao dinheiro pode quebrar a nossa aliança com Deus e diria que é um dos fatores que mais afasta as pessoas de Deus. O dinheiro é idolatrado por muitos. Muitos idolatram “mamom”. Muitos estão quebrando a sua aliança com Deus por causa de coisas temporárias, passageiras. Por isso Jesus disse: “Onde estiver o seu tesouro, ali estará o seu coração. (Mt 6:21) Se o coração está no dinheiro e não em Deus, a aliança já foi quebrada. E um dos grandes culpados por isso é o consumismo. O consumismo acontece quando você compra o que não precisa, com um dinheiro que você não tem, para agradar a quem você não conhece. Busquemos primeiro o reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas nos serão acrescentadas. Procedendo assim, nossa aliança não será abalada.
d) ANSIEDADE – O Apóstolo Paulo disse: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.” (Fp 4: 6-7) Um dos maiores destruidores da aliança que Deus estabeleceu conosco é a ansiedade. A ansiedade leva as pessoas a cometerem atos impensados e jogarem fora as inúmeras promessas de Deus.  A ansiedade é um ato de incredulidade, visto que ficamos ansiosos por não confiar que Deus é poderoso o suficiente para realizar algo em nossas vidas. Ansiedade no grego significa “estrangulamento”. A pessoa ansiosa se sente estrangulada por um desejo de agir antes da vontade permissiva de Deus. Ela poderia esperar, mas tomada pela sua própria vontade e não da de Deus, ela age e perde a chance de ver a vontade de Deus se cumprir na sua vida. Fica o Salmo davídico: “Aquietai-vos e sabei que Eu Sou Deus”. (Sl 46:10) – Uma aliança feita com sinceridade e confiança não se deixará nortear pela ansiedade.
e) PECADO – O profeta Isaías disse: “Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça”. (Is 59:2) Nada é mais destrutivo para um relacionamento com Deus do que o pecado. Nada entristece mais o coração de Deus que o pecado. Uma aliança divina não subsiste em meio ao pecado. Infelizmente muitos estão pecando e quebrando a aliança feita com o Pai. Uma aliança com Deus nos leva a andar na contra mão deste mundo e a afrontar com veemência o pecado. Somos templos do Espírito Santo, frutos de uma aliança estabelecida na cruz do calvário, através do sangue vertido de Jesus. Por isso devemos ser santos, assim como Ele é santo. Até porque, sem santidade ninguém verá a Deus. Sem santidade a aliança será quebrada. Busquemos e andemos em santidade, lavemos as nossas vestes e desfrutemos da perfeita, boa e agradável vontade de Deus.
4.Conclusão
Esta aliança estabelecida com Deus foi forjada com chamas tiradas do altar, do sublime trono. Não entristeçamos a Deus. Sejamos cheios do Espírito Santo a fim de manter pura e inabalável nossa aliança com o Altíssimo.
Uma vez estabelecido este relacionamento, torna-se necessária a confiança entre as partes, e como vimos, da parte de Deus não há a menor possibilidade de haver quebra desta ALIANÇA!...
Quando vamos a uma loja e fazemos um crediário (cuidado! Os juros costumam ser abusivos!), o encarregado do setor de cadastro procura fazer, por meio de uma "entrevista cadastral" algumas verificações... O que ele está sondando na verdade é se temos CREDIBILIDADE.
    Isto significa que cremos (confiamos) em alguém quando há CREDIBILIDADE em quem prometeu. Ou seja, quem prometeu - pode pagar e vai pagar!    No caso de Deus, o Seu poder e Sua imutabilidade nos dão esta credibilidade! (Vale a pena lermos as passagens de Num. 23:19 / II Tim 2:13 / Tito 1:1-2 / Heb. 6:17.
    Outro fator que nos leva a crermos em Deus é o fato de que suas promessas revelam-se no seu caráter e  atributos. Podemos destacar os seguintes atributos de Seu caráter:
- A infalibilidade de Deus, (Jos 23:14)
- A fidelidade de Deus, (Jos 21:45/ II Tim 2:13/ Heb 10:23)
- A superioridade de Deus, (Rom 4:20-21/ Heb 6:13)
- A bondade de Deus, (Gal 3:18/ Efs 2:7)
- A justiça de Deus. (Rom 4:16-22) (Entre muitos outros...).

sábado, 7 de abril de 2012

AMOR QUE É AMOR

AMOR QUE É AMOR


"Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?" (Fernando Pessoa)


EXISTEM RAZÕES PARA AMAR? 
SIMPLESMENTE AMAMOS AS PESSOAS E PRONTO....
E  HÁ AMORES QUE NÃO QUEREMOS
HÁ AMORES INGRATOS
HÁ AMORES PERSISTENTES
..
O AMOR, NO ENTANTO, JAMAIS ESCRAVIZA
SE TE ACORRENTA E SENTE-SE PRESO...
NÃO É AMOR... É OBSESSÃO, PAIXÃO, FIXAÇÃO
MAS NÃO É AMOR
AMOR QUE É AMOR
TE LIBERTA, TE FAZ CRESCER, ACREDITAR





quinta-feira, 5 de abril de 2012

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL da PÁSCOA




Você e sua família estão convidados a participar da nossa Programação na Semana Santa. Venha e Deus abençoará sua vida!

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL da PÁSCOA


QUINTA FEIRA - DIA 05 DE ABRIL
·  CULTO ESPECIAL – A VITÓRIA DE CRISTO NA CRUZ  às 19 e 30 hs.

SEXTA FEIRA – DIA 06 DE ABRIL
·  PROJEÇÃO DO FILME “JESUS” NA IGREJA às 19 hs.
·  DISTRIBUIÇÃO DO “SOPÃO DA COMUNHÃO” AO FINAL DO FILME

DOMINGO – DIA 08 DE ABRIL
·  ESCOLA BIBLICA DOMINICAL  ás 9 hs.
·  CULTO DE CELEBRAÇÃO DA PÁSCOA COM PEÇA TEATRAL às 18 hs.


Na Igreja Batista Nacional da Palavra,  Rua Plutão, nº 01 Recanto dos Vinhais
Entre na Alvorada Motors na curva do 90 e dobre a terceira rua a esquerda.


A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.Romanos 10:9