CONTATOS

quarta-feira, 23 de julho de 2014

EM BUSCA DA FELICIDADE

EM BUSCA DA FELICIDADE...

INTRODUÇÃO
A felicidade é um estado durável de plenitude, satisfação e equilíbrio físico e psíquico. A felicidade tem, ainda, o significado de bem-estar espiritual ou paz interior.

A BUSCA DA FELICIDADE É DESEJO HUMANO DESDE A ANTIGIDADE – FILOSOFIA E RELIGIÕES
·        Para o filósofo grego Aristóteles - séc IV a.C., a felicidade é uma atividade de acordo com o que há de melhor no homem.
·        BUDISMO - A felicidade tema central do budismo, doutrina religiosa criada na Índia por , século VI a.C. Para o budismo, a felicidade é a liberação do sofrimento.
·        Maomé, no século VII, na  Arábia, enfatizou a caridade e a esperança numa vida após a morte como elementos fundamentais para uma felicidade duradoura, eterna.
·        O positivismo do filósofo francês Auguste Comte (1798-1857) enfatizou a ciência e a razão como elementos que deveriam nortear o ser humano na busca da felicidade. Esta felicidade seria baseada na solidariedade entre o gênero humano, formando a chamada "religião da humanidade".
·        O filósofo alemão Karl Marx (1818-1883) defendeu o estabelecimento de uma sociedade igualitária, sem classes, como elemento fundamental para se atingir a felicidade humana.
·        O psiquiatra Sigmund Freud (1856-1939), o criador da psicanálise, defendia que todo ser humano é movido pela busca da felicidade, através do que ele denominou princípio do prazer.


1.     O QUE É A FELICIDADE DE HOJE?

1.1 Baseada no Hedonismo - PRAZER
Doutrina caracterizada pela busca excessiva do prazer como propósito mais significante da vida. O prazer dos sentidos seria o fundamento de todos os  prazeres espirituais.
Refere-se aos prazeres que não estão associados a  sofrimentos.
1.2    No utilitarismo – TUDO TEM QUE SER FUNCIONAL -  busca pelo prazer particular ou individual e, para que isso seja possível, o mesmo deverá ser dividido com muitas outras pessoas.
1.3 Psicanálise. Teoria de acordo com a qual as ações humanas são motivadas pela procura do prazer na tentativa de evitar, por sua vez, o desprazer.
Excessiva busca pelo prazer como modo de vida.
1.3   Consumismo – Ter as coisas faz a pessoa feliz. Capital material (dinheiro, bens...) e imaterial (educação, status, poder...)
1.4    Alegria que permanece – sentimentos provenientes de momentos alegres, a reunião deles é a felicidade. Pessoas que precisam de circunstancias para se sentirem felizes
- quando casar serei feliz....   - quando divorciar....
- quando sair da casa de meus pais...   - quando tiver um emprego bom
- quando passar pra universidade...
1.5 Vida religiosa – felicidade está na busca da devoção = em sacrifícios, oração, meditação – farisaísmo




2.     FELICIDADE VERDADEIRA FELICIDADE ESTÁ EM JESUS -  “EU VIM PARA QUE TENHAM VIDA E A TENHAM EM ABUNDÂNCIA”
JOÃO 10:10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

Cristo trouxe vida abundante - Jesus Cristo, disse que veio à terra com um propósito. Jesus veio para nos trazer “VIDA ABUNDANTE”.  Você sabe o que é isso?  O desejo do Deus Todo-Poderoso é que o verdadeiro cristão tenha uma vida de FELIZ.
Você sabe que se você tiver uma vida cristã verdadeira, e o Espírito de Deus dentro de você, isto acontecerá? 
Que é uma vida abundante?  Que é abundância?  Aqui está uma definição:  “Fartura sem limite”.  É o mesmo que grande quantidade – grande abundância de vida, e vida verdadeira. Quer dizer também vida feliz.  Este foi o tipo de vida que Jesus teve, e que nós também podemos ter.

Muita gente não entende isso, nem tampouco o que é o verdadeiro cristianismo.  Muitas pessoas que se dizem cristãs não sabem o que é uma vida cristã verdadeira, e são desnecessariamente infelizes.

A vida cristã real é verdadeira se caracteriza pela abundância transbordante do amor de Deus ­-  abundância de gozo, de paz, de , de mansidão e de temperança.  Sua vida tem apresentado estas virtudes?  Tem elas preenchido a sua vida, a ponto de satisfazê-lo?

Esse deve ser o nosso objetivo!  Essa é a vida que teremos no reino de Deus.  É a vida pela qual devemos nos esforçar e, com a ajuda de Deus, desenvolver gradativamente.

Esta é a vida que nos desafia, e que devemos cultivar, a vida suscitada dentro de nós pelo Espírito de Deus – a vida FELIZ, de GOZO e ABUNDÂNCIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário