CONTATOS

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

E A POLÍTICA NA IGREJA?

“Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes… não difamem a ninguém… sejam cordatos… para com todos os homens.” Tt 3.1,2
 “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade, resistem à ordenação de Deus.” Rm 13.1,2
A Lei 9.504/97 proibe usar o púlpito dos templos para campanhas políticas e no seu  art. 24   proibe que os recursos da Igreja sejam destinados a essas campanhas eleitorais. Nosso papel como líderes eclesiásticos é formar eleitores conscientes de seu papel cívico para que escolham o melhor candidato pra sua cidade, estado e país e não cair no engodo do “curral eleitoral” e do “coronelismo santo”.
Silvana Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário