CONTATOS

quarta-feira, 6 de junho de 2012

A DEPRESSÃO E SUA CURA


A DEPRESSÃO E SUA CURA
Texto base: 1 Rs 19:1-16
·        INTRODUÇÃO
·        Nossa pretensão neste Estudo, é abordar o tema depressão sob a perspectiva bíblica.
·        Em Heb. 4:12 diz: “a Palavra de Deus é mais penetrante que espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, das juntas e medulas e dos pensamentos e intenções do coração.
·        Sendo assim, ela quando aplicada é a melhor terapia para as crises humanas, pois é capaz de mostrar as grandes causas de nossos conflitos e ainda nos curar deles.
·        A depressão tem sido o drama de inúmeros brasileiros, em especial, a muitos evangélicos.
·        Muitos Pastores ensinam que a depressão é uma manifestação "diabólica", mesmo que seja  em crentes.
·        Estaremos mostrando que a depressão não é um desafio novo a vida cristã, mas que ela já fez parte da vida de muitos homens de Deus da história bíblica.
·        Exemplos de servos de Deus que tiveram Depressão:
·        O salmo 42, onde o salmista sente sua alma numa sequidão profunda, numa ausência de sentido para a vida ao ponto de assimilar a indagação dos ímpios: Onde está o seu Deus?
·        Por que não dizer de Elias, que ameaçado por Jezabel afugenta-se, pede a morte, esconde-se numa caverna, que existencialmente revela a complexidade de seus conflitos.
·        Tentaremos abordar este tema de forma a mostrar que este problema é mais fácil de superar quando se reconhece que ele faz parte da vida como os demais e precisa ser encarado sobre a perspectiva da graça de Deus.
i -  QUAIS OS SINTOMAS DA DEPRESSÃO?
·        Dentro deste assunto estaremos mostrando algumas reações sintomáticas que sempre acometem a vida de uma pessoa depressiva. Vejamos:
1 -  visão pessimista e se torna autodepreciativo.
·        Passa a ver tudo do ponto de vista negativo, parece perder a fé na vida.
·        Sempre se desvaloriza diante de pessoas e situações das quais se sente desafiado.
·        E, por fim, chega a conclusão de que não vale a pena viver.
·        O conselho de Abraão Lincoln para este tipo faz muito sentido quando ele diz: " A maioria das pessoas será feliz na medida em que decidir sê-lo".
2 -PERDA do apetite
·        Como conseqüência ocorre a perda de peso
·        A pessoas que quando deprimidas passam a comer mais, enquanto outras perdem o apetite.
3 - O deprimido sofre perturbações do sono,
·        É uma sensação de cansaço físico e emocional impressionante e lentidão na fala e pensamentos.
·        Quando uma pessoa está deprimida, mesmo sem ter feito muita coisa, sente-se indisposto para trabalhar, algumas vezes até mesmo para tomar o café da manhã.
·        Quando tenta falar nestas ocasiões nem ela mesmo consegue ouvir o que está dizendo.
·        A mente como um idoso cansado a subir um mui alto morro.
4 - sentimentos de culpa e indignidade.
·        Essas culpas são reais ou imaginárias.
·        Por exemplo: algumas pessoas deprimidas por crises financeiras podem se sentir culpadas por não serem ricas, que não faz nenhum sentido. E destas culpas, reais ou não, advém a "síndrome do coitadinho", ou seja, a pessoa passa a enfatizar seus defeitos e suprimir suas qualidades.
5 -  Isolamento social e familiar, introspecção.
6 -  Tristeza profunda e constante,
7        -  Falta de esperança que conduz a incapacidade de lutar pelo que se acredita na vida, a incapacidade de tomar decisões
8         - E tonturas, palpitações, dificuldades respiratórias, acidez estomacal, mudanças de temperamento e 
9        -  Sensação de Inutilidade
10    -  Sensação de cansaço
11    Diminuição da Capacidade de Concentração
12    Dor Crônica
13    Ansiedade
14    Indecisão ou Insegurança
15    Medo e Choro Fácil
16    Diminuição do Impulso Sexual
17    Hipocondria
18    Irritabilidade
19    Redução da Capacidade de Experimentar Prazer
20    Desesperança
21    DESEJO DE Suicídio
·        Estes e outros sintomas perfazem o quadro de um deprimido e a pergunta natural que fazemos em vista de tão complexa sintomatologia é;
 II  -  Quais sãos as causas da depressão?
·        Tentaremos enumerar algumas coisas que acreditamos ser causas da depressão, dividindo-as em algumas partes. Mas antes é bom dizer que os especialistas afirmam que algumas pessoas possuem propensão a depressão por questões genéticas, mas estas não são a maioria, por isso estudemos algumas causas.


1.      Causas existenciais
·        As principais são:
1.      Perda de um ente querido.
2.      Ruptura de um romance
3.      Rejeição por parte de pessoas queridas
4.      Separação matrimonial ou conflitos conjugais
5.      Enfermidades prolongadas
6.      Esgotamento físico-mental
7.      Endividamentos, crimes, acidentes e etc... 


2.  Causas psicológicas
·        Dentre estas causas, destacamos
1.      a baixa estima,
2.      o complexo de inferioridade,
3.      o perfeccionismo,
4.      a solidão e a idade elevada.
5.      A ira, o rancor, o ódio e qualquer tipo de hostilidade,
·        ... quando reprimidas no coração tendem a nos deprimir e a provocar variadas reações em cadeia que muito nos prejudicam.
6.      Um outro detalhe que não pode ser esquecido é que a culpa por pecados ocultos também pode ser uma grande causadora da depressão.  Aliás, não só a depressão é patrocinada por causas psicológicas, mas grande parte das nossas doenças é também causada por este conflito.
3.  Causas espirituais
·        Ilustração:
·        Certa vez, em um programa de rádio, um irmão estava orando e repreendendo o "espírito de depressão" que atuava sobre a vidas das pessoas.
·        Na verdade não existe este "espírito", mas uma coisa é certa todos os demônios deprimem as pessoas, pois esta é a missão deles.
·        Contudo, se por falta de preparo um pastor considera estes tipos de problemas como sendo apenas espirituais, ele terá pessoas doentes em sua igreja.
1.      .. É preciso entender a necessidade de um especialista nestes casos
2.      ...e também deve se ministrar mais freqüentemente sobre estes assuntos objetivando a cura.
·        A Bíblia fala de dois tipos de tristezas que podem nos acometer, "tristeza segundo Deus" e a "tristeza segundo o mundo".
·        Na "tristeza segundo Deus" opera-se o arrependimento, mas na "tristeza segundo o mundo" opera a morte, e naturalmente a depressão. 2 Co 7.10
·        Os cristãos devem discernir quando é que se esta enfrentando um abatimento,  uma crise intima por causa de pecados e um abatimento que leve a destruição.
·        Para melhor compreendermos este tema estudaremos, pois, a depressão de Elias. 
III -  Elias, um homem de Deus deprimido. (1RS 19:1-16)
·        Quem lê o contexto antecedente deste capítulo fica sem entender esta ultima atitude de Elias.
·        Porque Elias foge da ameaça de uma mulher depois de ter prodigiosamente ter desafiado 450 homens e os vencidos?
·        Porque sua espiritualidade se curva de tal modo a fugir, a esconder-se?
·        Por que ele se deixou deprimir? Diríamos nós!!!
1.      Primeiro, porque quando ele chega na cidade percebe que tudo o que ele fez, parece não ter produzido o resultado esperado.
·        Pois ao invés dele ter sido recebido ele foi ameaçado.
·        Então ele se enche de medo, perde sua confiança inabalável no livramento de Deus e começa a fugir das piores humilhações que um homem pode receber, a humilhação de uma mulher.
·        E para fugir ele teve que caminhar muito já estando cansado ao ponto de chegar ao deserto e deitar-se debaixo de um zimbro pedindo a morte.
·        Aqui está o ápice de seu estado depressivo. Ele não quer morrer nas mãos de uma mulher como Jezabel, mas não admite fugir dela. ISSO É O CONFLITO. É quando temos que decidir entre dois caminhos onde ambos oferecem perda para nós. Um exemplo é quando a pessoa se apaixona por uma pessoa errada que não é da vontade de Deus e chega no vale da decisão, agora tem que decidir entre a vontade de Deus e sua paixão. O conflito é a pessoa não quer desobedecer a Deus e também não quer perder sua paixão.
·        Talvez ele se perguntasse:
1.      porque eu não cri em Deus e fiquei lá mesmo a esperar o livramento de Deus?
2.       Como aquele povo me veria agora?
3.      Que belo profeta sou eu?
·        Não sei se eram estes os pensamentos mais que eram pensamentos negativos eu sei, pois levavam ao desejo de morrer.
·        E este tipo de desejo é comum em momentos que nos culpamos e nos sentimos inferiorizados por alguma coisa.
·        E ainda ele corre e entra numa caverna, que significa muitas coisas dentre elas que ele havia se fechado para o mundo, num universo reduzido a seus censos de proteção, longe de todo mundo na caverna de suas próprias razões e afirmações esperando um encontro com Deus.
·        E o interessante é que Deus não lhe culpa por seus sentimentos, não lhe dá um sermão por ter fugido, se escondido, pedido a morte.
·        Antes, Deus aparece como médico de Elias e o introduz dentro de uma terapia anti-depressiva que resolve o problema de Elias.
·        Veremos agora quais foram os meios usados por Deus para curar a depressão de Elias.
IV - Como Deus curou a Elias de sua depressão?
1 - Deus deu-lhe umas boas férias, com bastante comida e horas de repouso. v 8
·        Ser profeta como Elias e no momento dele era estressante e cansativo.
·        Elias estava esgotado físico-emocionalmente e Deus sabia disto.
·         E a terapia usada foi repor este esgotamento de Elias permitindo-o dormir e se alimentar bem.
·        A boa alimentação e o repouso físico são essenciais a recuperação dos deprimidos.
·        O sono deve ser de no mínimo oito horas e a alimentação deve se bem administrada.
·        Se possível, umas pequenas férias poderia ajudar, pois nos tiraria do nosso estado depressivo.
2 - Deus o conduz a reflexão consciente sobre sua condição. Que fazes aqui Elias? v 10
·        Na depressão nos tornamos todo emoção e deixamos de refletir sobre nossas verdadeiras causas.
·        A pergunta de Deus mexe com as razões de Elias, com as causas da caverna.
·        Levam-no a indagar sobre sua posição atual e sobre a vontade de Deus para ela.
·        E aqui que entra o trabalho do conselheiro cristão, que quando leva-nos a pensar em nossas razões ajuda-nos a sair do problema.
·        Muitas vezes nos deprimimos por coisas tão insignificantes que quando levado a pensar sobre elas, descobrimos que nossas revoltas e tristezas não tinham nenhuma procedência lógica.
3 - Deus o conduz a expor tudo que estava no seu coração em forma de confissões.
·        Por meio daquela pergunta de Deus a Elias, este se pôs a confessar o motivo de depressão, confira;
·        "E ele disse: Tenho sido muito zeloso pelo SENHOR Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem."
·        Nem tudo o que Elias confessou era procedente, mas pelo menos ele "descarregou" aquela carga de sentimentos e pensamentos que lhe atormentavam o ser.
·        E Deus levou-o a entender algumas razões de sua "caverna".
·        O Senhor permite que ele experimente tremendas manifestações do poder de Deus que não tinham a presença dele, observem;
·        Veja o que Deus lhe disse: (1RS 19:11-14) 11  Disse-lhe Deus: Sai e põe-te neste monte perante o SENHOR. Eis que passava o SENHOR; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do SENHOR, porém o SENHOR não estava no vento; depois do vento, um terremoto, mas o SENHOR não estava no terremoto;
12  depois do terremoto, um fogo, mas o SENHOR não estava no fogo; e, depois do fogo, um cicio tranqüilo e suave.
13  Ouvindo-o Elias, envolveu o rosto no seu manto e, saindo, pôs-se à entrada da caverna. Eis que lhe veio uma voz e lhe disse: Que fazes aqui, Elias?
14  Ele respondeu: Tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida.

1.      Com isto Deus levava-o a entender a diferença entre se ter o poder e se ter a presença de Deus, entre se conhecer o poder e conhecer a presença.
2.      Ensinava-o também a ouvir a voz de Deus, que nem sempre se faz ouvida nas manifestações mais fantásticas de Deus na história.
3.      E ainda Deus lhe fere o ego e cura-o do exclusivismo religioso no qual se encontrava, informando-o que ele não era o único profeta que sobrava, mas existiam sete mil que também se mantinham santos a Deus os quais ele não conhecia.
4.      Ou seja, Deus não estava perdendo, a coisa não estava feia para Deus, ele não era tudo o que Deus tinha.
5.      Deus mostra-lhe que a obra dele era maior do que Elias e do que ele pensava e que tudo estava sobre seu controle não existindo, portanto, razão para se desesperar, se deprimir.
·        Às vezes nos deprimimos por não entender esta Soberania de Deus.
·        E diante dos nossos problemas, ou até mesmo dos problemas da igreja ou ministério, pensamos que está tudo perdido e perdemos a esperança na ação de Deus a nosso favor.
·        E quando perdemos a esperança em Deus vendo a sua ação sob a perspectiva de nossa experiência, caímos em grande depressão.

4 - Deus o convida a comunhão da sua presença.
·        No verso 11 Deus o convida para se colocar em sua presença.
·        Deus esta fora da caverna e convida Elias a sair.
·        É importante que na hora da depressão busquemos mais intensamente a presença de Deus em nossa vida.
·        E isto quem nos ensina é Jesus em Lc 22:44 "E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão."
·        No momento de sua mais intensa depressão, ali no Getsêmani Jesus ao invés de partir para uma incredulidade apática ele se curva a uma mais intensa oração.
·        Quando estamos deprimidos, a tendência é negligenciar a oração, a leitura bíblica.Mas é nestas horas que devemos procurar a estar mais intensamente na presença do Senhor.

5 - Deus o entrega uma nova missão.
·        É comum perdermos em momentos de depressão muitos sonhos, objetivos e sobretudo, nosso sentido de vida.
·        E para curar-nos o Senhor nos convida a voltar para o nosso caminho (v 15) ... para realizar a nossa missão.
·        Elias recebe a missão de ungir dois reis e um profeta, entrega-lhe um ministério de confirmação espiritual.
.        Deus também mostra que Elias tem valor, que ele não é descartável, e mesmo tendo sete mil homens fiéis Elias não estava dispensado da missão.
1.      Qual foi o caminho que você abandonou?
2.      Qual foi o sonho?
3.      Qual foi a missão?
4.      Volta pelo teu caminho.
5.      O que Deus tem colocado em seu coração durante esta sua experiência de crise?
·        Pratique, projete sonhos, persiga objetivos, volta a ativa, esta é a Palavra de Deus para você.
·        Sua missão não acabou, sua utilidade para Deus e para o mundo não passou.
·        Existem pessoas que dependem de você para receberem a unção, como existiam pessoas que dependiam de receber a unção por meio de Elias.
·        Não é necessário temer ao inimigo, por que nem ele, nem você mesmo podem anular o amor de Deus.
·        O inimigo pode te fazer correr, mas Deus nunca deixará de te encontrar, ainda que você fuja para as suas mais escuras cavernas.
·        Deus está com você e VAI curar sua depressão em nome de Jesus.

CONCLUSÃO
·        Eu gostaria de terminar este estudo apresentando alguns conselhos úteis para os que vivem este estados de depressão.
·        Conselhos aos deprimidos.
1 - Procure pensar positivamente, evite negativismo (Pv. 23:7)
2 - Faça novas amizades com pessoas saudáveis.
3 - Busque sempre novos horizontes.
4 - Cuide melhor de sua aparência.
5 - Afaste-se do exclusivismo, você não é o único em nada, pense.
6 - Os melhores seres humanos não foram os que nunca erraram, nem fracassaram, mas aqueles que interpretaram seus erros e fracassos de forma diferente,  vendo neles oportunidades para crescer e melhorar na vida. Fracassos são boas escolas para o sucesso.
7 - Ame A SI MESMO e a vida que Deus te deu.
8 - Saiba que embora você não tinha compreendido a Deus em muitas coisas, tudo o que ele permite visa seu bem em ultima instância  ( Rom. 8:28 ) “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”
9 -Ore agradecidamente.
·        Espero e oro para que este estudo possa  ajudá-los a tratar seus estados depressivos.
·        E que Deus nos Abençoe.

Site: WWW.ejesus.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário